A popularização do açaí (e a influência da cultura na alimentação)

 

por Diego Krüger

Nossa cultura – também nossas crenças, tabus, religião, entre outros fatores – influencia diretamente a escolha dos nossos alimentos diários. Desse modo, a alimentação humana pode estar mais ligada a fatores espirituais e exigências tradicionais do que às próprias necessidades fisiológicas.

A cozinha brasileira tem por base a cozinha portuguesa, com outras duas grandes influências: a indígena e a africana. Uma das influências indígenas mais conhecida e apreciada entre os brasileiros é o do açaí, fruto do açaizeiro (euterpe oleracea) que é uma palmeira típica da Amazônia e tornou-se febre nos últimos anos.

A lenda do açaí mostra a importância histórica do fruto na região Amazônica. A índia Iaçã, filha do cacique que liderava a numerosa tribo que antes ocupava a região onde hoje está situada Belém, deu luz a uma linda menina. Mas, como havia muita fome na região, a menina foi sacrificada para reduzir a população. Iaçã chorou e rezou para Tupã, pedindo que ele lhe apontasse outra maneira de salvar seu povo sem tamanho sofrimento. Sua filha lhe apareceu numa visão e a levou até uma palmeira. Iaçã chorou aos pés da palmeira até a morte. Foi encontrada no dia seguinte, aos pés da palmeira, carregada de frutinhos negros – o açaí – que salvou o povo da fome.

Açaí: o fruto que conquistou o gosto do brasileiro (imagem: divulgação)

Açaí: o fruto que conquistou o gosto do brasileiro (imagem: divulgação)

A chegada da fruta ao centro do país e sua popularização está ligada à vinda da família Gracie para o Rio de Janeiro na década de 30. Hélio, o grande pai do jiu-jitsu brasileiro, trouxe consigo o fruto que faz parte de sua famosa dieta Gracie. Para facilitar, congelava o fruto em saquinhos de polpa que, misturado a guaraná, virou febre em academias e barracas de praia. Hoje, o famoso açaí na tigela é encontrado em todos os estados do Brasil e até mesmo fora dele e, por isso, trouxemos bons motivos para provar o fruto. Entre tantos benefícios, citamos:

- O alto teor de antocianinas presentes no açaí garantem melhor circulação sanguínea e a saúde das veias e artérias ao prevenirem acúmulo de placas de gordura. Consequentemente, o sistema cardiovascular é beneficiado;

- As fibras do fruto facilitam o trânsito intestinal, evitando a prisão de ventre, o que garante, entre outros benefícios, uma melhor digestão dos alimentos;

- O açaí é rico em ácido oleico, uma gordura essencial que protege contra o câncer;

- Além do alto valor energético, o fruto tem vitaminas e ferro, que previnem anemia e fortalecem os músculos;

- O fruto possui alto teor de proteínas, que têm como uma de suas funções a formação de aminoácidos, o principal construtor muscular. Elas também contribuem para a produção de anticorpos, fortalecendo o sistema imunológico e aumentando a capacidade de combater infecções;

- O cálcio presente na composição do açaí garante dentes e ossos fortes e previne a osteoporose e outros problemas ósseos;

- O potássio do açaí, aliado à boa ingestão de água, evita cãibras na prática esportiva.

___________________________________________________________

Receita de açaí na tigela:

Ingredientes:

• 2 bananas ou 1 polpa de fruta de sua preferência;

• granola a gosto;

• 1 xícara (café / 60 ml) de guaraná;

• 350 g de polpa de açaí.

 Modo de preparo:

Coloque as duas bananas (ou a fruta de seu gosto) e os 60 ml do xarope de guaraná no liquidificador. Bata bem até desmanchar toda a banana. Coloque aos poucos o açaí. Bata bem até formar um sorvete. Coloque numa tigela e sirva com granola a gosto.