Sofá na Rua reúne pelotenses

 

por Aléxia Tavares e Caroline Lemos

Integrar pessoas de diversas vertentes, ocupar os espaços públicos e proporcionar lazer à comunidade, são alguns dos objetivos do Sofá na Rua, que em outubro completa três anos de existência. Este evento já chegou à marca de 2000 participantes, mas nem sempre foi assim. Ficou interessado? A gente te conta essa história!

Tudo começou com a chegada da Casa Fora do Eixo à cidade de Pelotas. Em todo Brasil existem lugares desse tipo, que são espaços coletivos permanentes em pontos estratégicos. Por eles passam diferentes artistas, de várias vertentes, que vêm dando novo significado à realidade social atual através da produção de cultura. Há debates abertos a todos em favor de novas políticas públicas e, entre outras coisas, requisitando acesso à educação e democratização da mídia.

Evento congrega de forma descontraída um público diverso (Foto: Divulgação)

Evento congrega de forma descontraída um público diverso (imagem: divulgação)

Com tantas pessoas e, consequentemente, tantos talentos passando por ali, se fez necessária a existência de um evento que integrasse todas as áreas e trouxesse mais uma forma de lazer. Mas existia um porém: como criar um evento aberto à comunidade dentro de uma casa pequena? Surgiu então a ideia de ocupar a rua. Os organizadores colocaram os sofás da casa no espaço público e convidaram alguns músicos para participarem da festa. Nasce ai o “Sofá na Rua”, que em sua primeira edição teve a presença de aproximadamente 50 pessoas apenas.

Depois do primeiro sofá, como é carinhosamente chamado por todos, várias pessoas se integraram à organização, cada um ajudando do jeito que pode e todos buscando o êxito do evento. Além de fazerem parte da realização do sofá, os envolvidos têm a oportunidade de aprender mais sobre outras áreas do conhecimento.

Atrações artísticas chamam para o debate sobre a realidade social (imagem: divulgação)

Atrações artísticas chamam para o debate sobre a realidade social (imagem: divulgação)

Com o passar do tempo, o Sofá na Rua ficou conhecido pela comunidade e cresceu a cada realização: em sua 20ª edição chegou à marca de aproximadamente 2000 participantes e o número sobe cada vez mais. Atualmente o sofá na rua mudou de local. O evento ainda é no bairro Porto, mas, está sendo realizado na rua José do Patrocínio em frente ao Galpão Satolep.

Quando o sofá comemorou 20 edições, nossa equipe fez um levantamento do crescimento do público, e olha só o resultado (abaixo)! É claro que o público segue crescendo. E agora a pergunta: qual o número de pessoas que você acha que vão participar da edição de 3 anos? Conta pra gente!

3SofánaRua