O mercado de ações para iniciantes

por Yasmin Vierheller Benedetti

A bolsa de valores é a área onde ocorre a compra e venda de ações, o centro das negociações. É o principal local para o cliente que procura transparência nas operações do mercado. Para quem deseja investir em ações é aconselhável ir à procura de instituições que lidem com as transações, com o auxílio dos corretores. O comprador pode atuar por meio do sistema Home Broker ou telefone.

O mercado financeiro está sujeito a diversas variáveis: taxa de juros, mercado externo, oscilações no setor da empresa, desempenho, etc. Por intermédio do Home Broker e sites especializados como o Economatica, libera-se o acompanhamento das ações do setor.

Sistema Home Broker Renatrader (imagem: divulgação)

Sistema Home Broker Renatrader (imagem: divulgação)

As ações podem ser divididas em dois grupos as ordinárias e preferenciais. As ordinárias, geralmente, são compostas por pessoas com maior poder aquisitivo, ao ponto de possuírem influência nas decisões dentro da empresa, mas não necessariamente são afetadas em caso de crise. Já as ações preferenciais não concedem o direito de voto ao cliente como a ordinária, portanto se o investidor tiver uma perda, costuma não ficar tanto no prejuízo como os que têm ações de maior valor.

Por meio do pregão ocorrem as negociações conforme o livro de ofertas. Para quem deseja investir pela primeira vez é aconselhável que investigue o histórico da empresa onde o investidor deseja comprar ações, a fim de não ter um desapontamento ao ingressar no mercado pela primeira vez. É indicado que se comprem ações a baixo preço, para no momentos que a empresa crescer no seu valor de mercado, vender as ações e obter lucro.

Sugestões:

Para evitar grandes perdas não invista todo o seu dinheiro em apenas uma empresa, mas em empresas diversificadas e mantenha um extra em renda fixa.

Por meio do pregão que acontecem as negociações conforme os livros de oferta (imagem: divulgação)

Por meio do pregão que acontecem as negociações conforme os livros de oferta (imagem: divulgação)

 

Investir apenas quando mercado está em alta é um erro. Quando as ações baixam é a hora correta para realizar a compra, mas com cuidado. Analise se a empresa tem perspectiva de crescimento. Caso esteja com problemas internos, espere por uma melhor oportunidade. Nesta hora cuide com as notícias, nem sempre é um mau sinal quando a produção de uma empresa cai. Às vezes, em momentos difíceis, a empresa já se planeja, com o fim de diminuir o impacto da crise, ou seja, a crise já era esperada e está controlada. Leia atentamente as informações e pesquisa sobre o mercado.

O economista Regis Augusto Ely, professor adjunto do curso de economia da UFPel, dá orientações para quem deseja investir no mercado e não sabe por onde começar. De acordo com o economista a primeira ação a ser realizada é contatar o banco ou corretora de relacionamento do cliente, por fazerem operações com ações. Em segundo deve-se selecionar qual o tipo de investimento desejado, pois o mercado acionário é predominantemente formado por investimentos a longo prazo, ou seja, o resultado não é sentido de imediato. O que traz com o tempo o risco, porém é um risco remunerado, pois o prêmio é adquirido com um longo período de investimentos.

- Quem é iniciante, deve tentar seguir na ideia de investir a longo prazo (…), e em várias empresas diversificadas, a fim de diminuir as chances de prejuízo – afirma Regis.

Outro fator relevante é o perfil do investidor, se ele for conservador investirá em empresas com um histórico maior, mas empresas novas tendem a dar um retorno mais rápido. As melhores ações são aquelas em que há uma expectativa maior de lucro, “ao olhar para o preço das ações você está olhando para uma empresa no futuro, sua expectativa de rendimento”, ressaltou o professor.

Para quem deseja investir a BOVESPA, no Brasil, é o centro das negociações. Por intermédio do Índice Bovespa, é possível acompanhar o desempenho das ações no mercado. As negociações têm início às 10h com fechamento em torno das 17h. Contudo, isto não significa que o mercado pare.

Mais informações:

- Exame.com (vídeo): http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/quero-entender-o-mercado-de-acoes-por-onde-comecar

- BM&FBOVESPA (acompanhe a bolsa): http://www.bmfbovespa.com.br/home.aspx?idioma=pt-br